Mundo

Nestlé cessa operações na Rússia após ‘chuva’ de críticas

A lista de empresas a repudiar a ofensiva russa aumenta de dia para dia.

A Nestlé anunciou a suspensão da atividade Rússia, depois de ter sido alvo de um ataque informático levado a cabo pelo grupo Anonymous, que obteve acesso a uma base de dados da marca suíça. Na origem do ataque esteve a recusa por parte da multinacional em suspender a sua atividade na Rússia, em resposta à invasão da Ucrânia.

Os hackers terão disponibilizado publicamente mais de 10 gigabytes em documentos confidenciais. “O coletivo Anonymous revelou a base de dados da maior empresa alimentar do mundo, Nestlé. Foram expostos 10GB de dados com emails, palavras-passe, clientes empresariais da Nestlé, etc.”, escreveu o grupo na rede social Twitter.

Recorde-se que a Rússia lançou a 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que causou pelo menos 953 mortos e 1.557 feridos entre a população civil, incluindo mais de 180 crianças, e provocou a fuga de mais 10 milhões de pessoas, entre as quais 3,53 milhões para os países vizinhos, segundo os dados mais recentes da ONU.

Cerca de 13 milhões de pessoas necessitam de assistência humanitária na Ucrânia, indica o organismo. A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções econômicas e políticas a Moscovo.

Mostrar mais

Edson Amaral

O Site Revelando São Carlos prima pela qualidade de suas informações, pois considera importante qualificar as discussões nas suas áreas de maior abrangência, como política, noticias de São Carlos e região, economia, educação, assuntos de relevância social, etc, a fim de prestar o melhor serviço a nossos leitores.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios