Mundo

Bombeiro quase morre após ter comido pipoca

Todo o cuidado é pouco: “Poderia ter morrido”

Parece impossível mas é verdade! Este bombeiro precisou passar por uma cirurgia em seu coração para salvar sua vida após ter tido uma infecção sanguínea grave e o motivo de tudo isso tem gerado muito repercussão, uma pipoca.

Adam Martin, 41 anos, esteve à beira da morte após ser acometido com uma endocardite. A infecção estava danificando o seu coração.

A endocardite é a inflamação das estruturas internas do coração. Se for causada por um agente infeccioso como uma bactéria ou fungo é chamada de endocardite infecciosa. A endocardite acomete principalmente as válvulas cardíacas.

Os médicos chegaram a se questionar o que teria acontecido. E ao que tudo indica, ele quase perdeu sua vida após comer um saco de pipoca enquanto assistia um filme ao lado de sua esposa, Helen, de 38 anos.

A infecção foi causada por ele cutucar constantemente um pedaço de pipoca alojado entre os dentes. Martin revelou à sua equipe médica que usou “itens que encontrei espalhados” – uma tampa de caneta, um palito, um pedaço de arame e até um prego – em uma tentativa desesperada de desalojar o casco teimoso.

Uma semana depois, Martin estava sofrendo de suores noturnos, fadiga, dores de cabeça. Os médicos contaram que se tivesse esperado um pouco mais de tempo para receber atendimento médico, estaria morto.

Agora, o bombeiro diz que não irá mais comer pipoca.

Adam foi tratado com medicamentos para combater a infecção, mas exames de tórax revelaram que seu coração estava gravemente danificado, assim precisando de uma cirurgia de emergência.

Ele conseguiu ter uma boa recuperação e já retornou para a casa junto de seus três filhos e sua esposa.

Mostrar mais

Revelando São Carlos

O Site Revelando São Carlos prima pela qualidade de suas informações, pois considera importante qualificar as discussões nas suas áreas de maior abrangência, como política, noticias de São Carlos e região, economia, educação, assuntos de relevância social, etc, a fim de prestar o melhor serviço a nossos leitores.

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios